NOTÍCIAS Voltar >

Feriado do padroeiro São Sebastião é nesta quarta-feira

Publicado em 18/01/2021, Por Assessoria de Comunicação

Em 20 de janeiro é celebrado o Dia de São Sebastião. A data reforça as homenagens ao padroeiro dos atletas e militares. 

Erebango é uma das cidades consideradas, pela igreja católica, sob proteção do santo. Desse modo, o município decreta feriado em todas as repartições públicas. Os atendimentos, em todos os setores, retornam na quinta-feira (21).

Vale ressaltar que o turno único prossegue até o dia 31 deste mês, contudo, em departamentos como a saúde, o funcionamento prossegue em horário normal: das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h.

Festividades

Em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus, neste ano a programação especial em honra a São Sebastião, precisou ser adaptada.

Na igreja em Erebango, em que é comemorado 102 anos de comunidade, uma missa seguida de procissão foi realizada no domingo (17), seguindo todos os protocolos de segurança contra a covid-19. O lema de 2021 foi: ‘Com São Sebastião, renovar a esperança, cuidando da vida’.

A ocasião contou, ainda, com bênção dos carros e da saúde.

Em continuidade às celebrações, nesta quarta-feira, às 19h30, haverá uma missa especial em devoção ao padroeiro.

Mais sobre a história de São Sebastião

São Sebastião nasceu em Narbona, na França, no ano 256. Mudou-se para a Itália, onde entrou para o exército, tornando-se o melhor soldado para o imperador Diocleciano.

No entanto, convertendo-se ao cristianismo, São Sebastião defendeu os cristãos e a sua fé durante o reinado do imperador romano Diocleciano, sendo condenado à morte por desobedecer aos seus comandos.

Sebastião foi amarrado em uma árvore e alvejado com muitas flechas, porém não morreu, tendo sido salvo por uma viúva chamada Irene, que ajudou a curar todos os seus ferimentos.

Depois de recuperado, Sebastião voltou a enfrentar o imperador Diocleciano. Desta vez, foi condenado a ser açoitado até a morte, com a ordem de que o seu corpo fosse jogado no esgoto para nunca ser venerado.

Uma mulher chamada Luciana recolheu o seu corpo, e em sonho, Sebastião pediu-lhe que o sepultasse nas proximidades das catacumbas dos apóstolos.

Anos mais tarde, o imperador Constantino, convertido ao cristianismo, mandou construir a Basílica de São Sebastião, dando início ao culto ao mártir.

São Sebastião morreu em 20 de janeiro de 288 d.C., sendo a data de sua morte escolhida pela igreja católica para homenagear o mártir pelas suas ações de coragem e fidelidade ao Cristianismo.





Imprimir Notícia - Compartilhar no Facebook