NOTÍCIAS Voltar >

Governo suspende cogestão e coloca todo o RS em bandeira preta a partir de sábado

Publicado em 25/02/2021, Por Assessoria de Comunicação

Diante do avanço expressivo de contágio de coronavírus e do pico de internações em leitos hospitalares desde o início da pandemia, o que já levou ao esgotamento de UTIs em algumas regiões, inclusive nos hospitais de Erechim, o governo do Estado decidiu, nesta quinta-feira (25), ampliar as restrições para preservar vidas.

A principal medida anunciada pelo governador Eduardo Leite é a suspensão temporária do sistema de cogestão regional, por pelo menos uma semana, o que obrigará os municípios a adotar os protocolos da bandeira apontada pelo Distanciamento Controlado a partir de sábado (27). Além disso, a vigência do mapa da 43ª rodada será antecipada para sábado, colocando todo o Rio Grande do Sul em bandeira preta, nível mais grave do sistema gaúcho de enfrentamento à pandemia.

Além disso, será mantida a suspensão de atividades não essenciais entre 20h e 5h.

No diálogo virtual, os prefeitos, representantes das Associações de Municípios apresentaram algumas sugestões, incluindo mudanças em protocolos. Segundo o governador, as questões serão levadas ao Gabinete de Crise, com possibilidade de divulgar atualizações para a próxima rodada. No entanto, apesar de muitos se manifestarem contra a suspensão da cogestão, o Estado decidiu tomar a medida para fazer valer o alto nível de alerta que os dados científicos apontam.

No fim da próxima semana, o governo deverá convocar nova reunião com a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) para avaliar os resultados das ações adotadas até aqui.

___________________

A Secretaria de Saúde de Erebango reforça o alerta a toda comunidade, para que siga efetivamente todas as medidas de prevenção ao novo coronavírus.

Cada cidadão exerce um papel fundamental na luta contra a covid-19.

Faça a sua parte!

Seja responsável!

Cuide de você e de quem está à sua volta!





Imprimir Notícia - Compartilhar no Facebook