NOTÍCIAS Voltar >

Prefeito participou de encontro sobre a regionalização dos serviços de saneamento básico

Publicado em 26/07/2021, Por Assessoria de Comunicação

Na semana passada, o prefeito de Erebango, Valmor José Tomelero, esteve em Porto Alegre, onde participou do encontro do Grupo de Trabalho criado pelo governo do Estado e pela Federação das Associações de Municípios (Famurs). O objetivo foi debater os projetos de lei que tratam da privatização da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) e a regionalização dos serviços de saneamento básico.

Cerca de 50 prefeitos participaram da reunião, no Salão Alberto Pasqualini do Palácio Piratini, com a presença do governador, Eduardo Leite.

Conforme Tomelero, a ocasião esteve voltada para ouvir a proposta do governo e, ao mesmo tempo, buscar entender como ficará a atuação da Corsan nos municípios e o compromisso das empresas em relação aos convênios já realizados.

Dados estaduais e exigências

O governador ressaltou que o Rio Grande do Sul tem uma situação de saneamento em desacordo com o perfil socioeconômico do Estado: 17% de coleta e tratamento de esgoto.

O secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos Júnior, reforçou que o Marco Legal do Saneamento Básico quer a universalização dos serviços. Atualmente os números exigidos pela legislação federal são: 99% da população com abastecimento de água potável e 90% com coleta e tratamento de esgoto.

Cenário da privatização

O presidente da Corsan, Roberto Barbuti, expôs o cenário que levou o Estado a decidir pela privatização da estatal. Entre os números apresentados, Barbuti destacou que, atualmente, a capacidade de investimento da companhia gira em torno de R$ 350 milhões anuais. Segundo ele, para cumprir a meta do Marco Legal até 2033, esse valor precisa saltar para R$ 1 bilhão por ano.





Imprimir Notícia - Compartilhar no Facebook