NOTÍCIAS Voltar >

Profissionais de Saúde e estudantes se uniram na caminhada em prol da vida

Publicado em 23/09/2021, Por Assessoria de Comunicação - Izabel Seehaber

Uma caminhada simbólica para destacar a importância da valorização da vida. Assim foi a iniciativa, realizada na manhã e tarde de ontem (22), em Erebango, que reuniu profissionais de saúde do município, servidores de outros departamentos da Secretaria, além de estudantes, professores e integrantes de projetos do Centro de Referência de Assistência Social – Cras.

Por meio de cartazes, faixas e balões, o grupo chamou a atenção sobre como é imprescindível manter o equilíbrio da saúde mental.

As psicólogas que atuam na Unidade Básica de Saúde (UBS) e Secretaria de Assistência Social, Aline Marcon da Silva e Maira Zilio Enricone, ressaltaram que, a atenção ao tema deve ser permanente, mas neste mês, a campanha ‘Setembro Amarelo’ reforça a necessidade de conversarmos sobre os diferentes problemas e, caso necessário, procurar ajuda em um serviço de saúde. “Se pudermos fazer um trabalho de prevenção, o retorno em bem-estar é ainda mais expressivo. No caso da caminhada, a ideia foi conscientizar as pessoas para esse olhar específico e as estratégias que podem ser aliadas para diminuirmos as consequências que um transtorno mental pode trazer”, comenta Aline.

Cuidado permanente

Em breve o município irá implementar o projeto ‘Saúde na Comunidade’, o qual contará com diversas ações, entre as quais, será oportunizado um espaço específico e acessível à população no cuidado e foco para a saúde mental. “É um projeto que será permanente, durante todos os meses do ano”, acrescenta.

Como posso ajudar?

De acordo com as psicólogas, vale salientar que, ao perceber que uma pessoa demonstra algum comportamento diferente, com sinais depressivos, por exemplo, é essencial validar os sentimentos dela, entender que pode estar em sofrimento e oportunizar que ela possa falar sobre isso. Do mesmo modo, é importante aceitar e fortalecer a pessoa para que ela procure ajuda profissional. “Ainda há um tabu quanto a essas doenças que são consideradas “abstratas”, pois é diferente de uma gripe ou outros problemas que podemos perceber com mais facilidade, mas que tem uma importância singular e que interferem em outros aspectos da nossa saúde, inclusive o físico”, alertam.

A UBS de Erebango conta com uma equipe multidisciplinar, que está à disposição para atender toda a população, sempre que necessário.





Imprimir Notícia - Compartilhar no Facebook