NOTÍCIAS Voltar >

Médico faz apelo: 'homens também adoecem e precisam focar na prevenção'

Publicado em 08/11/2021, Por Assessoria de Comunicação - Izabel Seehaber

Neste mês, uma iniciativa tem o objetivo de chamar a atenção da população masculina sobre a importância das consultas de rotina. O foco principal da campanha Novembro Azul é a prevenção do câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens e causa de morte de 28,6% das pessoas que desenvolvem neoplasias malignas.

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas e se assemelha a uma castanha. Ela localiza-se abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma.

Conscientização é fundamental

Conforme o médico Jorge Herrmann, que atua na Unidade Básica de Saúde de Erebango, não somente no município, mas em todo o mundo é observada uma resistência expressiva por parte da maioria dos homens, em procurar um serviço de saúde, seja público ou particular, para a prevenção de doenças. “Essa postura se deve a inúmeros fatores, mas um dos principais é a indisponibilidade de tempo para ir até o posto. As campanhas visam incentivar ainda mais esse cuidado, para que os cidadãos se dirijam à uma unidade para prevenir não somente o câncer de próstata, que é o foco central deste mês, mas outros problemas, tais como: colesterol e diabetes”, destaca.

Na avaliação do profissional, os homens, muitas vezes têm dificuldade de entender que eles também adoecem, não são “super-heróis” e, em vários casos, quando chegam ao médico, já estão em fases adiantadas de algumas doenças.

Quando procurar um profissional?

Dr. Jorge orienta que, no caso da prevenção do câncer de próstata, a sugestão é que os exames de PSA e de toque retal sejam feitos a partir dos 40 anos. Nessa faixa etária o retorno pode ser a cada dois anos. “Caso seja observada qualquer alteração da próstata, a equipe profissional pode iniciar o tratamento ou as medidas corretivas para evitar complicações à saúde”, alerta.

Já a partir dos 50 anos, o recomendado é que a atualização dos exames possa ser feita anualmente. “Se tem histórico na família, o cuidado deve ser ainda maior, considerando que o fator genético é muito importante nessa doença”, afirma.

Sinais e sintomas que merecem uma atenção redobrada:

* Dificuldade em esvaziar a bexiga que pode levar a exigência de mais esforço para urinar;

* O jato urinário se torna fraco;

* Vontade de urinar com frequência;

* Presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

Fique em dia com sua saúde

O médico reitera o pedido para que os homens priorizem a qualidade de vida: “aconselho que todos venham até a UBS e coloquem seus exames em dia. Um problema, quando detectado precocemente, tem melhores chances de cura”.

Em Erebango, a prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, oferece todas as condições para que a população realize suas consultas e procedimentos. Desse modo, o município mantém seu compromisso em colaborar com o bem-estar da população.





Imprimir Notícia - Compartilhar no Facebook